A Chegada das Chuvas

Com o crescimento das cidades de forma desordenada, a sociedade vem sofrendo com a chegada das chuvas não só nos grandes centros.

A região serrana do estado do Rio de Janeiro ainda passa momentos de terror desde ultima terça-feira (11/01/2011), onde centenas de pessoas morreram. Os jornais de todo país divulgam constantemente cenas da tragédia. As cenas são de completa destruição, às quais deixa qualquer um abalado. Diante de tal situação pergunto-me se não haveria nenhuma forma do poder público evitar tamanha destruição.

A meu ver, o poder público deveria se provir de projetos que pudessem tornar as ocupações imunes a fatos como este, já que não é a primeira vez em que ocorre tamanha tragédia naquela localidade. Assim como nas cidades planejadas as ruas deveriam estar prontas antes mesmo das ocupações, evitando desta maneira as ocupações irregulares. A identificação da defesa civil dos pontos críticos é de fundamental importância para tomar uma decisão cabível para o problema, muitas vezes o processo de erosão do solo pode ser desviado daqueles que já ocorreram anteriormente devido alguma intervenção do homem na natureza. Entretanto, o que aconteceu na região serrana do Rio de Janeiro poderia ter sido previsto já que as incidências de chuvas na região elevaram-se, as ocupações estão em uma área de devastação da mata atlântica e há um histórico de riscos.

Após as chuvas o Governo Federal repassou para o estado do Rio 100 Milhões de Reais para atender as cidades afetadas, nada fora das expectativas das atitudes para amenizar a situação, mais, o que me deixa indignado é que as vidas ceifadas poderiam ter sido evitadas.

Deixe um comentário