Setor varejista recebe estímulo de R$ 1 bilhão

Assinado no último dia 17, o programa Avança Varejo, uma parceria entre a CNDL e a Caixa Econômica Federal, foi repercutido na imprensa 114 vezes, sendo notícia em mais de 90 veículos online e impresso.

O acordo de cooperação assinado possibilita o financiamento das atividades dos empresários associados ao Sistema CNDL, com taxas de juros e condições diferenciadas. O banco (Caixa Econômica Federal) vai destinar R$ 1 bilhão para oferecer benefícios com linhas de capital de giro, crédito rotativo, de investimento e financiamento, com prazos mais alongados e taxas de juros diferenciadas em recursos para o segmento de varejo no Brasil por meio de convênio firmado com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

As ações ocorrerão no âmbito do programa Avança Varejo e também preveem “linhas de capital de giro, crédito rotativo, de investimento e financiamento, com prazos mais alongados e taxas de juros diferenciadas”, disse a Caixa, em nota à imprensa.

De acordo com o banco estatal, 450 mil lojistas filiados ao CNDL serão atingidos pela parceria, impactando “mais de um milhão de estabelecimentos comerciais de pequeno, médio e grande porte em todo o Brasil”.

Em outra tentativa de estímulo ao varejo, na véspera, o presidente Michel Temer assinou decreto que reconhece os supermercados como atividade essencial para a economia, o que lhes permite acesso a instrumentos jurídicos para negociar a abertura de lojas durante domingos e feriados – algo que antes acontecia apenas por meio de acordos.

Deixe uma resposta