“Recuperação” de estrada em povoado de Araripina revolta moradores

A estrada que corta o Povoado da Chapada e Santa Rosa, em Araripina, foi “recuperada”, numa ação em conjunto com um pré – candidato a vereador e um vereador pré – candidato a prefeito, porém o serviço não foi terminado, ou foi mal feito, já que alguns moradores disseram que não foi a estrada toda que recebeu o serviço, e além de tudo isso a poeira tem incomodado o dia a dia das famílias que moram por onde as maquinas passaram.

Os carros passam em velocidade, levantando uma nuvem de poeira que adentra pelas casas, sujando moveis, eletrodomésticos. As famílias fazem suas refeições a portas fechadas para não se engasgarem com tamanha poeira,  e, principalmente, nas casas que não têm muro ou não são forradas.

Os moradores estão impossibilitados de abrir as suas janelas para se refrescarem do calor.

A redação deste site esteve em uma residência para comprovar a situação, e  num restaurante que fica na entrada da estrada e viu a situação em que se encontra o estabelecimento. A poeira invade as mesas, pisos, e até eletrodomésticos, o que causa revolta nos clientes, pois é difícil fazer as refeições em um ambiente assim.

Ouvimos algumas expressões como “enquanto a comida chega, na mesa já tem a farofa”; “Não podemos abrir portas e janelas para entrar ar puro”.

Os habitantes daquela localidade dizem que a intenção pode até sido boa, levando em consideração que havia buracos e pedras na estrada, porém faltou o comprometimento da equipe em voltar para terminar o serviço, ou ter colocado um material mais pesado e que se fixasse ao solo para não levantar tanta poeira, logo “seria melhor os buracos do que essa poeira toda”, comentou uma moradora.

As famílias daquela comunidade pedem a quem realizou o serviço, que voltem, para terminar o que foi começado ou dá um jeito naquela situação.

Vejam as fotos de residências e do restaurante:

 

Deixe uma resposta