Qual a melhor cidade no Brasil para se viver?

Qual a melhor cidade no Brasil para se viver?

Esta é a questão que muito provavelmente milhões de brasileiros farão a si próprios diariamente, qual será nesta altura a melhor cidade do Brasil para se viver? A resposta é que é impossível dar apenas uma única resposta, a população não é toda uniforme. Os desejos e as motivações para adquirir um imóvel para se viver não são as mesmas e podem variar.

Um universitário provavelmente procurará as melhores universidade onde possa prosseguir a sua educação, uma família com filhos procurará locais com as melhores oportunidades de emprego, educação e segurança social, enquanto um casal de idosos certamente contemplará a proximidade a infra estruturas de saúde. Posto isto, a nossa estratégia para este artigo passou por descrever as 3 melhores cidades que melhor podem responder às necessidades da população em geral.

Seria bastante mais simples indicar quais as cidades com maior Índice de Desenvolvimento Humano, mas consideramos que essa seria uma análise demasiado redutora e não transmitiria a verdadeira realidade do que se passa no terreno, já que o IDH contempla apenas educação, renda e esperança média de vida e sendo um índice, irá transmitir a realidade dos números passados, não das tendências atuais.

  1. São Caetano

A cidade de São Caetano para além de apresentar infra estruturas de educação e saúde muito acima da média é uma cidade com apenas 150 mil habitantes, sendo livre do analfabetismo e com a preocupação da integração dos idosos na vida ativa. Apesar de ter São Paulo a pouco mais de 10 km de distância, é notável o contraste que faz com a maior cidade de todo o Hemisfério Sul, especialmente no que se refere à complementaridade entre o Ambiente e o Urbano. O investimento na cultura e na preservação dos valores históricos da região tem sido outro dos pontos a favor do Governo local, que tem conseguido colocar São Caetano no mapa como uma das principais cidades para se viver no Brasil.

  1. Santos

Santos tem investido imenso na qualidade de vida da população, especialmente com o maior complexo portuário de toda a América Latina que contribui com vários empregos e também para o dinamismo da economia. Apesar de ter fortes pólos de emprego para a comunidade local ao nível dos serviços, consegue também apresentar uma forte componente de turismo como locais a vistar como o Museu da Pesca, o Aquário, o Museu do Café e a Fortaleza da Barra Grande.

  1. Niterói

Pode ser uma surpresa colocar Niterói no top 3 e deixar de lado por exemplo a capital do Brasil, Brasília, mas a verdade é que Niterói é um dos principais centros financeiros, industriais e de serviços de todo o Brasil, com fortes investimentos na área petrolífera e também imobiliária. Esta é a cidade com o menor índice de pobreza de todo o Brasil e trata-se de um local onde muitos podem recomeçar uma nova vida devido ao excedente de oportunidades que ainda vai existindo.

Conclusão

De fora ficam algumas cidades como Florianópolis ou mesmo Guarujá e as suas casas para alugar, mas as três cidades escolhidas foram-no porque não se procurou tanto a componente de turismo que muitas vezes sobrevaloriza e preço dos serviços. Procurou-se oferecer três alternativas para o típico Brasileiro, e acreditamos que as três cidades escolhidas obedecem perfeitamente aos critérios estabelecidos.

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.