Prazo do IR termina hoje; mande incompleto para evitar multa

Tic-tac. O prazo para declarar o Imposto de Renda (IR) está acabando: termina às 23h59 desta quarta-feira (30). Se você deixou para a última hora, como muitos brasileiros, é hora de correr.

Mesmo não tendo todas as informações necessárias em mãos, os especialistas recomendam que os contribuintes mandem a declaração ainda nesta quarta para evitar a multa do Fisco – que varia de R$ 165,74 a 20% do imposto devido.

Depois, em posse de todos os documentos e informações necessárias, o contribuinte deve fazer uma declaração retificadora para evitar cair na malha fina do Leão.

11_05_18_183_file

Reprodução: Imagem da internet

“Caso ainda falte alguma informação, providencie a entrega da declaração dentro do prazo para evitar a multa pela não entrega, e a retifique assim que possível”, afirmou a coordenadora de imposto de renda da empresa especializada H&R Block, Eliana Lopes.

A mesma recomendação foi feita pelo diretor executivo da Confirp Consultoria Contábil, Richard Domingos. “Diferente do que muitos pensam, a entrega dessa forma [incompleta] não significa que a declaração irá automaticamente para a malha fina”, disse.

Declaração retificadora
Após o fim do prazo do IR, porém, os contribuintes deverão fazer a declaração retificadora com “muito mais cuidado”, destacou Domingos, pois as chances de cair na malha fina “serão maiores”, segundo ele.

“A declaração retificadora também é válida em caso de problemas na declaração já entregue pelo contribuinte. Nela, os erros serão corrigidos. O prazo para retificar a declaração é de cinco anos, mas é importante que o contribuinte realize o processo rapidamente, para não correr o risco de ficar na malha fina”, observou o diretor executivo da Confirp.

De acordo com Eliana, da H&R Block, o contribuinte deve fazer o “download”, no site da Receita Federal, do programa relativo ao ano-calendário correspondente para fazer a declaração retificadora, e pode apresentá-la pela internet, através do programa de transmissão Receitanet.

“É importante mencionar que, após 30 de abril, o contribuinte não poderá alterar a opção de tributação escolhida na declaração original. Ou seja, não pode alterar de modelo simplificado para completo, ou vice-versa”, acrescentou Eliana.

Em tempo, a Contadora Micaelle Alves, da Softagon Inovação, está atendendo hoje com horário estendido visando um melhor serviço aos clientes que estejam interessados em utilizar esse pouco tempo que resta no envio do Imposto de Renda.

Fonte: G1.com

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.