Padre exige nota de retratação ao Araripina.com.br. Entenda!

No dia 12/01/2016, a administração do Araripina.com.br, recebeu uma “NOTA DE ESCLARECIMENTO E NOTIFICAÇÃO”, enviada pelo Padre Cícero Claudvan Leal, ex-pároco da Paróquia Nossa Senhora das Dores, localizada no município de Araripina, manifestando a sua irresignação em relação a matéria publicada por este site em 08/01/2016, solicitando a imediata retirada da postagem, além de uma retratação formal, alegando que a mesma maculava a sua imagem de sacerdote.

Em respeito ao clerical, a comunidade cristã e a todos os nossos leitores, o Araripina.com.br informa que retirou a publicação em questão do site e que a mesma se trata apenas de mera reportagem jornalística, sem intenção de ofender a honra e a imagem de quem quer que seja, não havendo no bojo do texto qualquer ataque de cunho pessoal, ou mesmo afirmação de veracidade das informações que estavam sendo disseminadas entre a população da cidade há vários dias, nem tão pouco foram divulgados os nomes dos supostos envolvidos.

Juntamente com o texto, a veiculação da foto da Igreja Matriz de Araripina, não teve a intenção de agredir ou afrontar os católicos ou mesmo o pároco a frente de sua administração, mas tão somente ilustrar que a referida situação estaria ligada ao centro da fé cristã.

Importante esclarecer, que as reportagens jornalísticas publicadas pelo site Araripina.com.br são precedidas de investigação dos fatos, porém não se pode exigir que a mídia só divulgue notícias em que haja a certeza plena de sua veracidade, pois os meios de comunicação não detém poderes estatais para empreender tal cognição, e impor tal vedação à imprensa significaria tolher os direitos de liberdade de expressão, de comunicação, de manifestação do pensamento, de informação e de publicidade, além do sigilo da fonte.

Dessa maneira, o site Araripina.com.br faz sua retratação e se coloca à disposição dos interessados, abrindo o espaço para que as pessoas que de algum modo se sentiram atingidas pela reportagem possam se manifestar.

A nossa equipe jornalística trabalha pautada na transparência e seriedade, primando sempre pela busca da verdade e respeitando os direitos garantidos pela nossa Carta Magna.

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.