Ovos de Páscoa e chocolates sofrem redução de até 32% no peso

A uma semana da Páscoa, está difícil encontrar nas prateleiras de lojas e supermercados ovos e barras de chocolates que não tenham diminuído de peso este ano. Há reduções que chegam à casa dos 30%. Apesar de a prática, na maioria das vezes, não ser ilegal, trata-se de uma maneira de aumentar o preço sem que o consumidor se dê conta.

Pela lei, a diminuição da quantidade de um produto deve constar na embalagem de maneira clara e ostensiva por, no mínimo, três meses. Além da redução em valores absolutos e percentuais, a quantidade ou peso anterior também precisa ser informada.

DENÚNCIAS DEVEM SER FEITAS AO PROCON

A diminuição sem alerta é prática ilegal e passível de multa. O consumidor precisa estar muito atento para identificar quando isso acontece. Na dúvida, a orientação é comunicar ao Procon para que faça uma averiguação.

Deixe uma resposta