“O câncer, fez parte da minha história”

Alanna Lima, 1986.

“O câncer, fez parte da minha história”.

Não como um signo, mas hoje entendo o porquê. Após a descoberta ainda quando menina, o câncer trouxe mudanças para mim e parar toda a família dando início à trajetória que traria significado pra muita coisa. No meio do turismo em hospitais diversos conheci amigos na qual também vivenciavam o câncer, histórias em que me fizeram forte e outras na qual depois de muitos anos ouvi agradecimento por ser sinônimo de inspiração para seguir em frente, algo que eu nem sabia que era.

Só agora eu percebo a grandiosidade de repassar o que sobrevivi e sobre o que eu vivi. Aprendi com o câncer, aprendi com a quimioterapia, aprendi com a dieta, aprendi com a dor que fez de mim e da minha família, pessoas humildes. Já tive remorso do câncer, já ocultei minhas lágrimas, já chorei de trás da porta e hoje sou inteiramente grata ao câncer por me tornar ser humano e me atribuir valores diferentes na qual me edificaram.

Já são trinta carnavais com a imperfeição da cicatriz que hoje é sinônimo de resiliência e hoje eu me encontro na sala de aula, ensinando a gramática da vida e causando lágrimas para os meus amigos que costumo chamar de alunos.

#apoesiasomosnos

Deixe uma resposta