Nelson Maca apresenta perfomance poética em Bodocó e Araripina

Apresentação integra o Circuito de Oralidades do projeto Arte da Palavra, do Sesc. O acesso é gratuito

 Nos dias 24 e 25 de outubro, Bodocó e Araripina receberão, respectivamente, o poeta paranaense Nelson Maca, que apresentará a performance poética “Na rota da rima”.  A apresentação gratuita faz parte do Circuito de Oralidades do projeto Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras, desenvolvido pelo Departamento Nacional do Sesc. A classificação é livre.

Em Bodocó a performance acontecerá nesta quarta-feira (24/10), dentro da programação da Mostra de Artes Claranã, a partir das 15h, na Escola João Carlos Lócio de Almeida – CERU. O público de Araripina poderá conferir a apresentação do poeta na quinta-feira (25/10), às 15h na Escola Técnica Estadual Pedro Muniz Falcão – ETE, e às 19h na Escola Padre Luiz.

Em sua performance poética, Maca encena versos que exploram temas, formatos e ritmos da diáspora africana. Dialogando com elementos expressivos da música, do teatro, das artes plásticas e da indumentária negra. Objetiva e simbolicamente, explora narrativas históricas, reflete sobre as heranças da escravidão e explora relatos e figurações do candomblé, a exemplo da simbologia dos Orixás. Valoriza, ética e esteticamente, a luta contra o racismo, relevando reflexões políticas e raciais. Na Rota da Rima constrói um substrato em diálogo com a linguagem performada também nos elementos cênicos, sempre centrado no eixo da negritude. Preparada originalmente para o Arte da Palavra, trata-se de um espetáculo de forte identidade negro-baiana.

Paranaense radicado em Salvador, Nelson Maca é poeta e professor da Universidade Católica de Salvador (UCSal). É fundador do Coletivo Blackitude: Vozes Negras da Bahia, que realiza o Sarau Bem Black. É um dos organizadores do Encontro de Literatura Divergente, e da Balada Literária da Bahia. Lançou em 2015 o seu primeiro livro de poesia: Gramática da Ira. Ainda no segundo semestre deste ano deve lançar o livro de contos Relatos da Guerra Preta.

Projeto – O Arte da Palavra tem com o objetivo divulgar a literatura no país, facilitando o acesso da população à obra literária, por meio de ações que atuem em toda a cadeia da literatura, incluindo a formação e a divulgação de novos autores, a valorização das novas formas de produção e fruição literária. O projeto é composto por três eixos: Circuito de Autores – circuito nacional de escritores, voltado para a valorização e divulgação nas diferentes comunidades literárias, onde as obras são lidas localmente antes da chegada dos autores, a fim de enriquecer o debate no encontro com os leitores; Circuito de Oralidades – que pretende abarcar as manifestações literárias que remetem, especialmente, à narração de histórias e à veiculação oral da poesia. São vertentes artísticas com larga tradição no país, que constituem os pilares de diversas identidades que vão se reinventando através das gerações; e o Circuito de Criação Literária – composto por oficinas de diferentes temáticas, que objetivam exercitar a prática da escrita literária nas suas diferentes categorias, além de propiciar maior bagagem de leituras aos envolvidos.

Serviço: Arte da Palavra

Circuito de Oralidades

Bodocó – Dia 24/10, às 15h, na Escola João Carlos Lócio de Almeida – CERU

Araripina – Dia 25/10 às 15h na ETE, e às 19h na Escola Padre Luiz

Ingresso: Gratuito

Informações: Bodocó (87) 3878-1724 / Araripina (87) 3873-0812

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.