Artista de Araripina lança novo CD em São Paulo após o Carnaval

Cacá Lopes Araripina

A mais de trinta anos de estrada asfaltada pela poesia construída na força da música, Cacá Lopes traz a lume mais um CD, cujo foco está voltado para o chão maravilhoso da leitura e do saber. Esse trabalho é o registro de várias canções do Projeto Cordel nas Escolas: músicas já bastante conhecidas por alunos e professores da rede pública. Faz referência a personagens como João Grilo, Chicó, Raul Seixas e Gonzagão.  Além das músicas próprias, consta neste CD seus parceiros compositores: Costa Senna, Marco Haurélio, João Gomes de Sá, Dé Pajeú, Hamilton Catette, Sylvio Passos, Almino Henrique, Vavá Dias e Zé Peixoto. No repertório MPB com pitadas de xote, frevo, toada, martelo e poesia matuta.

O Álbum foi produzido pelo artista baiano Sapiranga e tem o projeto gráfico e artístico assinado pela designer Marina Machado. Cordel Cantado é um lançamento da Gravadora Cacimba Discos e foi lançado em primeira mão nas principais lojas online do mercado mundial (iTunes, DEEZER, Spotify e outras, sendo possível encontrar na internet para Download.
Para o cordelista Varneci Nascimento o cordel lido é maravilhoso. Cantado, revela ainda mais sua grandeza, que de tão esplêndida deixa-se moldar para nos enriquecer e encantar.
Sapiranga – Produzir um álbum para este artista é poder perceber quão grandiosa é a cultura popular nordestina e brasileira. Reconheço na obra de Cacá Lopes a sinergia entre Povo, Cultura e Arte. Sei que os traços dos seus versos estão aliados a popularidade e requinte que tem na poesia brasileira. Cacá Lopes um autêntico poeta e cantador.

CD CORDEL CANTADO – Lançamento Cacimba Discos – 2016
www.cacalopes.com.br
[email protected]
11-9 9738-4522

Hermes Alves

Sou fundador deste site, projeto que iniciei em 1999 realizando a primeira transmissão ao vivo para a Internet de um evento junino. Sou formado em Marketing com especializações internacionais em Informática e um amante descarado por nossa querida cidade, Araripina Pernambuco.

Deixe uma resposta